Medo

No amor não há lugar para o temor(I João 4,18) Queres saberSe me inquietareiAo amanhecer,Após emoções e pensamentos– Do entrar da lua ao sair do sol –Mudarem-se em vaivém? Queres saberSe eu temo as dúvidasQue me invadem a mente,– Em repetição persistente –Ou se me afligemAs compulsões de alguém? Ora, nada devia me causar anseio!– … Continuar lendo Medo